Em imoveis

Locação de imóveis comerciais tem retorno abaixo do CDI desde 2014

Nos últimos 12 meses até fevereiro deste ano, o rendimento dos imóveis comerciais (levando em consideração a valorização das salas e o aluguel) foi de 2,2%, patamar bem abaixo do rendimento do CDI no período, de 14%

SÃO PAULO – A posse de um imóvel comercial para locação tem se mostrado um péssimo negócio desde 2014. Segundo o Índice FipeZap, o retorno obtido com o aluguel mais a valorização do preço do imóvel tem ficado abaixo dos rendimentos do CDI (principal referencial para as aplicações de renda fixa) há quatro anos.

Nos últimos 12 meses até fevereiro deste ano, o rendimento dos imóveis comerciais (levando em consideração a valorização das salas e o aluguel) foi de 2,2%, patamar bem abaixo do rendimento do CDI no período, de 14%. Se for considerado apenas a valorização do imóvel - para o caso de salas desocupadas, à espera de um locatário - o investidor teve prejuízo de 3% nos últimos 12 meses.

No ano passado, o CDI também mostrou rendimento de 14%, enquanto o preço do imóvel comercial caiu 3,2% e o retorno total do imóvel, incluindo locação, foi de 2,1%.

O Índice FipeZap Comercial, desenvolvido em conjunto pela Fipe e pelo portal ZAP Imóveis, é calculado pela Fipe e
acompanha o preço médio de conjuntos e salas comerciais de até 200 m² em 4 municípios brasileiros (São Paulo, Belo Horizonte, Rio de Janeiro e Porto Alegre), com base em
anúncios da internet.

Nas locações residenciais, a rentabilidade média do aluguel – calculada pela divisão do valor mensal de locação (R$/m2) pelo valor de venda e multiplicando o resultado por 12 – perde até mesmo da poupança. A taxa anualizada da rentabilidade das locações residenciais ficou em 4,3%, enquanto a poupança teve retorno real de 4,9%. A rentabilidade média da locação comercial foi de 5,3%.

 

Investidor - mercado imobiliário
(Shutterstock)

Contato