Em imoveis

CMN confirma que FGTS financiará imóvel de até R$ 1,5 milhão

Atualmente, esse teto é de R$ 950 mil na capital paulista

SÃO PAULO - O Conselho Monetário Nacional confirmou, nesta quinta-feira, a aprovação de limite de R$ 1,5 milhão para o valor do imóvel que poderá ser financiado com recursos do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS). Atualmente, esse teto é de R$ 950 mil na capital paulista. 

Na noite de quarta, o ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, havia feito uma declaração sobre o assunto. Na ocasião, afirmou que a medida será benéfica "à classe média". 

A medida se soma a outros incentivos do governo para aquisição de imóveis, como o aumento de parcelas que podem ser quitadas usando o FGTS para 12, ante 3, e mudanças no Minha Casa, Minha Vida para incluir famílias com renda de até R$ 9 mil.

Também no sentido de estimular o setor imobiliário, o governo pretende ditar regras para distratos imobiliários. 

casa própria - chave - imóveis
(Shutterstock)

Contato