Em imoveis

Casa mais cara dos Estados Unidos está à venda por quase US$ 200 milhões; veja fotos e vídeo

A casa superou a Mansão Playboy, que anteriormente ocupava o posto de casa mais cara do país

SÃO PAULO – A casa mais cara dos Estados Unidos é a mansão apelidada de “Gemini”, à venda por US$ 195 milhões. Como conta o Business Insider, ela pertence hoje à família do bilionário editor William B. Ziff, já falecido, que criou inúmeras revistas com foco em tecnologia nos Estados Unidos.

Localizada na Flórida, na praia de Palm Beach, ela possui 33 quartos e uma área total de 64.749 m². Algumas de suas comodidades são a praias e rio privativos que cercam a casa, o píer particular, campo de golfe, piscina e quadras de tênis e basquete.

A propriedade não se distribui em uma única casa, mas sim seis: a casa principal, que conta com 12 quartos; uma casa de hóspedes, com 7 quartos; dois chalés próximos ao mar; uma casa e escritório para o caseiro; e uma casa na árvore. Apenas a casa principal possui 5.759 m² com dois elevadores, sistema de segurança do mais avançado e controle climático.

Ela está à venda desde abril de 2015, mas o anúncio só foi aberto para o público há alguns meses.

Antes da Gemini, a propriedade mais cara dos Estados Unidos era a Mansão Playboy, que foi colocada à venda por US4 200 milhões, mas acabou sendo vendida por US$ 105 milhões.

Confira algumas imagens da propriedade e um vídeo que a mostra por completo:

Casa mais cara <a class=EUA 2" title="Reprodução/Premier Estate Properties" />

Casa mais cara EUA

Casa mais cara EUA

Casa mais cara EUA

Casa mais cara EUA
(Reprodução/Premier Estate Properties)

Contato