Em imoveis

Quanto custam os apartamentos de dois quartos em 6 capitais

O portal imobiliário VivaReal analizou o preço médio de apartamentos com dois dormitórios em seis capitais brasileiras: Salvador, Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo

SÃO PAULO – A cidade mais cara para se comprar um apartamento de 2 dormitórios continua sendo o Rio de Janeiro, que tem o metro quadrado mais caro do país, segundo levantamento realizado pelo portal imobiliário VivaReal.

O preço médio da cidade, tratando-se de um apartamento de dois quartos com suíte, é R$ 794.933; sem uma suíte, o preço cai para R$ 636.461, mas ainda continua o maior em relação às demais cidades analisadas.

A capital baiana, por outro lado, é a que possui o menor preço médio de todas cidades analisadas: R$ 423.984 para apartamentos com suíte. No caso dos apartamentos sem suíte, ela perde para Curitiba, cujo preço médio é de R$ 347.233 - frente a R$ 377.654 de Salvador.

Entretanto, o levantamento apontou que é em Salvador onde o imóvel mais caro desse padrão está localizado. À venda por R$ 4 milhões, o apartamento tem uma metragem de 170 m² e apenas dois quartos; o segundo apartamento mais caro também fica na capital e acompanha o padrão, mas está à venda por R$ 3,5 milhões.

O VivaReal analizou o preço médio de apartamentos com dois dormitórios em seis capitais brasileiras: Salvador, Belo Horizonte, Curitiba, Rio de Janeiro e São Paulo.

Confira a relação de preços:

Preço médio de apartamentos com dois quartos e suíte
Cidade Preço
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro R$ 794.993
São Paulo, São Paulo R$ 679.043
Recife, Pernambuco R$ 467.863
Belo Horizonte, Minas Gerais R$ 440.810
Curitiba, Paraná R$ 430.105
Salvador, Bahia R$ 423.984
Preço médio de apartamentos com dois quartos sem suíte
Cidade Preço
Rio de Janeiro, Rio de Janeiro R$ 636.461
São Paulo, São Paulo R$ 544.644
Recife, Pernambuco R$ 461.374
Salvador, Bahia R$ 377.654
Belo Horizonte, Minas Gerais R$ 349.727
Curitiba, Paraná R4 347.233
prédios de apartamentos - moradia - construção civil
(Shutterstock)

Contato