Em imoveis

Imagem mostra quais imóveis podem ser alugados com o mesmo valor nas capitais brasileiras

Conheça as capitais mais caras e mais baratas para se alugar um imóvel

SÃO PAULO – O portal de buscas de imóveis ZAP Imóveis lançou nesta quarta-feira um estudo inédito a respeito das diferenças de valores de aluguel de imóveis nas cidades brasileiras. Partindo de um valor fixo, R$ 2.500 mensais, a pesquisa descobriu que tipo de imóvel é possível alugar em 11 das maiores cidades do país.

A variação é grande: mudando de cidade, é possível alugar casas entre 93 m² e 187 m² ou apartamentos de 62 m² a 139 m². As conclusões foram alcançadas com base em anúncios do portal, que hoje é o maior do Brasil na área.

Em termos de preço por metro quadrado, Fortaleza é a capital brasileira mais barata para alugar uma casa. Com a quantia pré-estabelecida, na capital do Ceará, o consumidor consegue locar a casa de 187 m², mais que o dobro do que se encontra no Rio de Janeiro (RJ), a cidade mais cara para o aluguel de uma casa: 93 m².

No caso dos apartamentos, os R$ 2.500 alugam o maior espaço em Vitória. São 139 m², enquanto em São Paulo, a capital mais cara, o mesmo valor paga o aluguel de um apartamento de apenas 62 m², na média.

Confira os preços, na média, de todas as cidades pesquisadas na imagem abaixo:

Estados

Dentro dos dois estados mais caros, São Paulo e Rio de Janeiro, o estudo se aprofundou, descobrindo cidades mais baratas que as capitais para aluguéis.

Em SP, descobriu que São José dos Campos tem o metro quadrado mais vantajoso para casas e Ribeirão Preto para apartamentos. Já no Rio de Janeiro, Niterói pode ter a maior casa alugada com R$ 2.500, e Teresópolis o maior apartamento. Confira os valores:

prédios de apartamentos - moradia - construção civil
(Shutterstock)

Contato