Em imoveis

Leilão de imóveis de Alberto Youssef termina sem lances; preços serão reduzidos em 50%

O leilão aconteceu nesta segunda-feira (30) às 14 horas; segunda praça do leilão acontece no dia 13 de junho, também às 14h

SÃO PAULO – O leilão de imóveis de Alberto Youssef, realizado nesta segunda-feira (30) às 14 horas, terminou sem lances. Avaliados em R$ 6 milhões, eles estão localizados em Salvador (BA) e Rio de Janeiro (RJ). A determinação do leilão foi feita pelo juiz Sérgio Moro e essa foi a segunda tentativa de venda dos imóveis, sendo que a primeira aconteceu no ano passado.

A primeira cidade conta com nove lotes, sendo oito fatias de 4% e outra de 5,23% do imóvel Connect Smart Hotel, localizado no condomínio Alfazema, no bairro de Pituba. Para as fatias de 4%, o lance inicial foi de R$ 334 mil e, para as de 5,23%, de R$ 437 mil.

No Rio de Janeiro, por sua vez, foi leiloado um complexo de cinco imóveis, com área total de 1.620 m², localizado no Campo de São Cristóvão. O lance inicial estabelecido foi de R$ 3 milhões.

Preços reduzidos em segunda praça
No dia 13 de junho, também às 14 horas, acontecerá a venda em segunda praça, com o valor de avaliação reduzido em 50%. Assim, os novos valores de lance inicial passam a ser de: R$ 167 mil e R$ 218,5 mil para as fatias de 4% e 5,23% dos imóveis de Salvador, respectivamente; R$ 1,5 milhão para o complexo na capital fluminense.

Segundo Afonso Marangoni, leiloeiro oficial da plataforma Superbid Judicial e responsável pelo leilão dos imóveis, é comum que os leilões judiciais sejam arrematados em segunda praça, já que é noticiado que haverá a redução do preço. Afonso também disse que três pessoas estão habilitadas a participar do leilão dos imóveis de Salvador e apenas uma no caso dos imóveis do Rio de Janeiro.

Lote de Youssef em Salvador
(Superbid/Divulgação)

Contato