FGTS libera R$ 21,7 bilhões para financiamento de imóveis

Os novos recursos serão destinados principalmente para a construção de novos imóveis e financiamento

Por Júlia Miozzo
 29 fev, 2016 13h53
Imóveis Prédios
(Wiki Commons)

SÃO PAULO – Mais R$ 21,7 bilhões foram liberados pelo Conselho do FGTS (Fundo de Garantia de Trabalho e Serviço) para as linhas de financiamento de compra da casa própria. Segundo informações da Folha de S. Paulo, os novos recursos serão destinados principalmente para a construção de novos imóveis e financiamento de imóveis de trabalhadores com conta no FGTS.

Desde o ano passado, as linhas de financiamento perderam tiveram perdas por conta dos depósitos da caderneta de poupança – isso porque parte do valor depositado na poupança é destinado para o financiamento da construção e compra de imóveis.

Os R$ 21,7 bilhões serão de duas linhas de crédito: R$ 11,7 bilhões vão aumentar o financiamento direto aos compradores de imóveis, sendo que R$ 8,2 bilhões desse valor serão usados na linha Pró-Cotista. Essa segunda é voltada para imóveis de até R$ 400 mil, apenas para trabalhadores que tem conta no Fundo.

O restante do valor será usado pelos bancos para a compra de CRI (Certificado de Recebíveis Imobiliários), em que os bancos captarão os recursos do fundo, com remuneração de 7,5% ao ano, e podem comprar as certificados, emitidos pelas construtoras.

COMENTÁRIOS

SOBRE O(S) AUTOR(ES)

Júlia Miozzo


Código Últ.
(R$)
Var. Dia
(%)
Vol.
(R$)
Neg.
(Nº)
Hora
DOMC11 R$ 590,00 +7,27% 22,59K 6 31/05
FLRP11B R$ 700,00 +6,06% 25,38K 6 31/05
RBVO11 R$ 75,82 +5,31% 75,94K 23 31/05
FIXX11 R$ 73,50 +4,97% 32,33K 11 31/05
TRNT11B R$ 150,00 +4,89% 3,15K 2 30/05

Contato