Venda de imóveis novos na capital cresce 2,6% no primeiro semestre

O VSO, que mede o desempenho entre o total de unidades vendidas e a oferta existente, recua, com média de 9,9% no mês
Por Fabiana Pimentel  
a a a

SÃO PAULO – No primeiro semestre de 2012, foram comercializados na capital paulista 11.981 imóveis residenciais novos. De acordo com levantamento feito pelo Secovi-SP (Sindicato da Habitação) e divulgado nesta quarta-feira (8), o número apresenta aumento de 2,6% ante as 11.680 unidades vendidas no mesmo período do ano passado.

O VSO (Vendas sobre Ofertas), que mede o desempenho entre o total de unidades vendidas e a oferta existente, apresentou queda, com média de 9,9% no primeiro semestre, inferior aos 16,5% do mesmo período de 2011.

Conforme apuração da Embraesp (Empresa Brasileira de Estudos do Patrimônio), foram lançadas 8.862 unidades de janeiro a junho deste ano. Em comparação com as 14.112 unidades do primeiro semestre de 2011, a queda foi de 37,2%.

Apesar do resultado favorável do semestre as vendas apresentaram recuo na comparação mensal, com variação negativa de 32,3%. Em junho foram vendidas 1.846 unidades, contra  2.728 unidades em maio.

Segmentos
Na cidade de São Paulo, o nicho de 2 dormitórios ocupou a liderança em termos de participação nas vendas de junho, com 34% do total. Na sequência, vieram os imóveis de 3 dormitórios, com 27,6% do total.

Assuntos relacionados: Consumo Habitação Imóveis Secovi

Deixe seu comentário