Diária de imóvel para a Festa do Peão está até 38,03% mais barata em 2012

Segundo o Creci-SP, maior queda foi verificada no valor da locação de casas de dois dormitórios, que atualmente está em R$ 646,30
Por Juliana Américo Lourenço da Silva  
a a a

SÃO PAULO – Alugar imóvel para aproveitar a Festa do Peão de Barretos, no interior paulista, pode custar até 38,03% mais barato neste ano, frente ao que foi desembolsado em 2011. O dado é de levantamento divulgado pelo Creci-SP (Conselho Regional de Corretores de Imóveis do Estado de São Paulo), nesta quinta-feira (2).

A pesquisa mostra que as quedas no valor diário de locação de imóveis para o período da festa variam de 20,68% a 38,03%, sendo que o maiorr decréscimo foi identificado no aluguel de imóveis de dois dormitórios, de R$ 1.042,86, no ano passado, para R$ 646,30 este ano.

O aluguel mais alto - R$ 1.706,60 a diária em média, cotado para casas de quatro dormitórios, sofreu queda de 36%, já que estava em R$ 2.666,67 em 2011. Já os aluguéis para imóveis de três dormitórios passaram de R$ 1.296,67 para R$ 1.028,55 em um ano.

O presidente do Creci-SP, José Augusto Viana Neto, lembra que acontece a mesma coisa “durante as temporadas de férias na praia: quem deixa para a última hora acaba pagando o 'valor cheio', sem desconto, ou não encontra o melhor imóvel para ficar esses dias na cidade”.

Chácaras e chalés
Ainda conforme o Creci-SP, alugar um chalé de dois dormitórios é a opção mais barata de aluguel encontrada pela pesquisa. A diária está cotada em média a R$ 575,00, sendo que para três dormitórios esse valor sobe para R$ 750,00. As chácaras estão sendo ofertadas,em média, por R$ 1.222,00, para imóveis com três dormitórios, e R$ 2.500,00, para quatro dormitórios.

Os proprietários dos imóveis estabelecem dois dias como o período mínimo de locação para casas e de quatro dias para os chalés, com dois dormitórios, e apartamentos de três dormitórios. Para apartamentos de quatro dormitórios, o tempo mínimo de locação é de três dias.

O número de pessoas admitidas também varia de acordo com o tipo e tamanho do imóvel. Apartamentos com até três dormitórios admitem até dez pessoas, em quatro dormitórios a quantidade passa para 12 ou 15 pessoas. Já em imóveis de dois dormitórios, a tolerância varia de 4 a 10 pessoas. O tipo de imóvel que suporta mais pessoas é a chácara de quatro dormitórios, que suporta até 40 pessoas.

Assuntos relacionados: Imóveis

Deixe seu comentário