Em imoveis / fundos-imobiliarios

Mercado imobiliário finalmente começa a dar boas notícias, diz especialista

Mercado corporativo começa a aquecer e a queda na vacância se torna visível

SÃO PAULO - Finalmente, o mercado de imóveis corporativos dá sinais claros de recuperação, de acordo com Marina Cury, CEO da Newmark Grubb Brasil, principalmente em São Paulo. Isso é resultado principalmente de fatores como a queda na inauguração de novos empreendimentos somada aos sinais de recuperação econômica. A especialista é convidada desta sexta-feira (23) do Programa Fundos Imobiliários, da InfoMoneyTV. 

Exemplo dessa movimentação é a transação bilionária anunciada na noite passada pelo BC Fund: a venda e compra de ativos com a Brookfield. A troca de ativos corresponde a uma operação lucrativa para o fundo que deve aumentar o valor da cota do fundo em 30% no médio prazo

Para a especialista, 2017 foi um ano de melhoria para o mercado imobiliário corporativo em comparação com o período a partir de 2013. Ela lembra que boa parte da movimentação do mercado foi de fly to quality - ou seja, empresas buscando prédios de melhor qualidade. "Daqui para frente é expansão, e a gente já está observando isso, que é muito bom", diz. Ela estima uma queda de vacância em 3% em 2018, chegando a 15% - perto do patamar de 13% considerado saudável para as negociações neste mercado. 

Além de atualizações sobre o mercado, Cury comparou o mercado de escritórios de 2018 com o fatídico ano de 2013, quando muitos investidores em FIIs começaram a perder dinheiro - desacreditando os papéis. O programa é apresentado pelo professor do InfoMoney Educação Arthur Vieira de Moraes e vai ao ar todas as sextas-feiras a partir das 15h40. Confira ao vivo no player acima. 

Clique aqui e invista em Fundos Imobiliários com taxa zero pela Rico

Contato