Em imoveis / fundos-imobiliarios

Especial FII: entenda por que ter imóveis como investimento "não faz sentido"

Professor Arthur Vieira de Moraes relembra a estreia de seu programa na InfoMoneyTV 

SÃO PAULO - Para especialistas, não faz sentido ter um imóvel físico quando existe a possibilidade de investir em fundos imobiliários. Há inúmeras vantagens, inclusive a ausência da necessidade de buscar um inquilino e de pagar corretores no momento que se deseja "sair" do investimento. 

Essa conclusão foi apresentada em programa especial nesta sexta-feira (22), onde o professor do InfoMoney Educação Arthur Vieira de Moraes relembrou um ano do programa Fundos Imobiliários na InfoMoneyTV, com presença dos convidados João Sandrini e Sergio Belleza. 

Há um ano, o mercado de fundos imobiliários sentia ainda com força os efeitos da crise econômica. Agora, a melhora parece muito mais palpável, com expectativa da Selic em 7% e a provável consequente queda na taxa de vacância dos imóveis listados em fundos. 

Para os convidados, os fundos imobiliários são ótima opção para determinado tipo de investidor, principalmente em casos onde há tempo para aguardar os melhores momentos do ciclo de venda e espaço para lidar com a volatilidade.

Dadas as circunstâncias econômicas, o Brasil está em um momento que pode ser favorável para esse tipo de investimento, principalmente aqueles cuja vacância está elevada neste momento - e que devem ter grande vantagem com a queda dessa vacância. 

Confira o programa completo no vídeo acima.

Contato