Em imoveis / fundos-imobiliarios

Fundos Imobiliários são a melhor alternativa para quem quer entrar na renda variável, diz especialista; saiba onde investir

Tiago Reis participa do programa Fundos Imobiliários, com Arthur Vieira de Moraes

SÃO PAULO - Os fundos imobiliários deveriam ser o primeiro passo para o investidor de renda fixa que quer partir para opções de renda variável, segundo Tiago Reis, da Suno Research. Ele explica: mesmo sendo renda variável, a modalidade tem dividendo mensal, que acalma os ânimos do investidor, e passa por menos volatilidade: normalmente, o Ifix tem um terço da volatilidade do Ibovespa.

"No dia do pânico, que o Ibovespa chegou a cair 10%, o Ifix caiu 3% - foi o pior dia. Eu consigo viver com isso", disse o especialista, em entrevista a Arthur Vieira de Moraes, professor do InfoMoney Educação, no programa Fundos Imobiliários.

Os dois especialistas apresentam, no vídeo, algumas boas opções de fundos imobiliários para o momento e discutem esse mercado no Brasil

Para Tiago, que esteve no programa um ano atrás, o mercado por um lado está um pouco mais eficiente do que nessa época, "mas por outro se exacerbou um efeito manada – um fluxo especulativo muitas vezes sem fundamento, que volta e meia joga os preços para patamares que ainda são fora da realidade".

Ele acredita que os fundos imobiliários protagonizara, uma Bolha .com à brasileira: "pessoas que compraram fundos imobiliários em 2013 buscando ganhos de 50%, que obviamente não aconteceram", disse o especialista. Elas partiram do exemplo de 2012, ano de eleição, quando houve manipulação “no fórceps” da Selic, e acabaram vendendo por conta da decepção.

Agora, porém, o Brasil "saiu das trevas" e retoma agora uma movimentação saudável para esse mercado. Ele explica essa movimentação também durante a entrevista. 

O programa Fundos Imobiliários vai ao ar semanalmente na InfoMoneyTV, sempre às 15h40. 

Contato