Em educacao / guias

Como se tornar um consumidor consciente?

O consumidor consciente escolhe empresas responsáveis socialmente e as divulga; recicla, preserva o meio ambiente e economiza água e energia

SÃO PAULO - Consumo consciente. Você sabe o que isso significa? Para um consumidor ser considerado consciente, basta que ele valorize e divulgue empresas que são responsáveis, preocupe-se com o meio ambiente e busque as melhores ofertas no mercado.

Além disso, ele deve atuar de forma construtiva junto às empresas, para que elas aprimorem seus processos e produtos.

Empresas socialmente responsáveis
Segundo pesquisa realizada em 23 países, um quarto dos consumidores já puniu ou prestigiou empresas por sua atuação social, enquanto 40% deles desejam punir empresas por não considerá-las socialmente responsáveis.

Mas a ação não pode ser feita somente pela empresa. Você sabia que 800 milhões de baterias vendidas todo ano no Brasil contêm metais pesados altamente tóxicos, que podem contaminar o solo? Por isso, procure um posto de coleta especial para este tipo de material.

Escolha produtos que não afetam o meio ambiente
A cada dia, são coletadas 100 mil toneladas de lixo no Brasil, sendo 40% de materiais que poderiam ser reutilizados, como o plástico. Para ajudar a reduzir este percentual e, como conseqüência, preservar o meio ambiente, a dica é escolher sempre os produtos que utilizam embalagens recicláveis.

Um terço do lixo doméstico nacional representa as embalagens. Se você recusasse todas as "sacolinhas" supérfluas que lhe oferecem, em um mês evitaria o desperdício de 0,5 kg de petróleo, o que poderia mover um automóvel por quase 10 quilômetros.

Cada brasileiro gasta duas árvores por ano com o papel utilizado. Por isso, é importante economizar no material, para preservar o bolso e o meio ambiente.

Na hora de jogar os alimentos no lixo, seja seletivo com o que poderá ser reutilizado e o que é lixo orgânico. Além disso, não desperdice com os alimentos, mas tente novas receitas.

Não desperdice água
Enquanto escova o dente e deixa a torneira aberta, uma pessoa desperdiça 12 litros de água. Quando lava a louça de forma inadequada, o gasto chega a ser de 253 litros. Já uma torneira pingando joga fora 46 litros por dia.

Para que você não desperdice o elemento natural, evite lavar a calçada com frequência, dê preferência ao uso de baldes com água ao invés de torneiras, conserte vazamentos e sirva-se na medida da sua sede.

Não desperdice energia
Ao comprar um aparelho eletroeletrônico, escolha aquele que possua selo de economia de energia. Isso indica que o equipamento economiza energia desde a produção até sua utilização no dia-a-dia.

Além disso, evite utilizar os eletroeletrônicos (máquinas de lavar, secar, ferro, chuveiro), entre 17h30 e 20h30, considerado horário de pico, quando as luzes públicas e residenciais são acionadas. Outros fatores que aumentam o consumo de energia são a não manutenção de sistemas de ventilação e a escolha por lâmpadas comuns ao invés das fluorescentes.

Contato