Em conteudo-patrocinado

Escritório líder de mercado mira marca de R$ 5 bilhões com aposta em clientes milionários

Faros Investimentos monta estrutura semelhante a um Private Banking e vê forte expansão

Há pouco mais de cinco anos, um grupo de profissionais do mercado financeiro deixou o Banif e decidiu montar uma estrutura própria voltada para a alta renda. Desde então, o crescimento segue a passos largos: a Faros Investimentos acumula R$ 2,6 bilhões sob custódia na XP e caminha para encerrar o ano de 2017 com R$ 3 bilhões. Em um horizonte de tempo mais longo, para o início de 2019, a ideia é chegar aos R$ 5 bilhões. 

O crescimento acelerado tem como base o atendimento a clientes milionários: o ticket médio supera o patamar de R$ 1,8 milhão. “Esse valor foi crescendo ao longo do tempo no escritório, a nossa base de clientes tem essa característica de que eles vão aportando cada vez mais recursos com a gente”, explica Samy Botsman, sócio-diretor do escritório.

O trabalho do escritório começa com a definição do perfil de investidor dos clientes, avaliando características como prazo para aplicação, tolerância a risco e objetivo final, e prossegue com o auxílio para as decisões de investimentos e o acompanhamento constante das carteiras. “Investir conosco é como um casamento, tem que ter uma relação de confiança mútua e tem que ser de longo prazo”, afirma Botsman.

Justamente para reforçar o relacionamento de longo prazo, o escritório prioriza a preservação de capital em suas estratégias, o que leva os assessores a terem um perfil conservador ou moderado. Dentro desses perfis, os assessores conseguem potencializar as carteiras com rendimentos mais expressivos. Os sócios-diretores, aliás, incentivam os interessados a entrarem em contato e compararem seus investimentos com o que o escritório tem a oferecer. Para entrar em contato com a Faros, clique aqui.

Centenas de produtos de investimentos

Com matriz no Rio de Janeiro e filial em São Paulo, o escritório utiliza a plataforma de produtos da XP Investimentos, uma das maiores instituições financeiras do Brasil. Isso permite que o escritório ofereça mais de uma centena de fundos de investimentos das mais diferentes categorias, incluindo os fundos exclusivos – que contam com a vantagem tributária de isenção do come-cotas –, e variados produtos de renda fixa, trazendo dezenas de opções com indexadores distintos, entre títulos públicos, CDBs, debêntures e as famosas LCAs, LCIs, CRIs e CRAs, todas isentas do imposto de renda.

Também são oferecidos produtos mais novos e ainda pouco conhecidos pelo público geral, como os COEs (Certificados de Operações Estruturadas), que oferecem a possibilidade de ganhos mais elevados com proteção ao capital principal.

No dia 11 de maio a XP Investimentos anunciou a associação com o Itaú Unibanco por meio da venda de uma fatia de 49,9% do capital social total, chancelando o modelo de negócios da instituição e dos agentes autônomos ligados a ela. “Ficamos mais fortes, e se tinha algum investidor que ainda não migrou seus investimentos para a XP, agora não tem mais argumentos para não migrar”, afirma Botsman. “Além da independência operacional e do atendimento personalizado, continuaremos a oferecer as melhores opções de investimentos via plataforma XP e agora com a segurança do maior banco privado da América Latina”, complementa.

Vagas abertas

A Faros Investimentos surgiu com quatro sócios-fundadores, sendo dois deles com participação majoritária: Samy Botsman e Felipe Bichara. Ambos têm uma história que remonta a quase duas décadas de trabalho em conjunto, desde a época em que atuavam no Banif Banco de Investimento, onde Botsman era o responsável pelo Private do Rio de Janeiro e Bichara pelo Private em São Paulo.


Equipe Faros Investimentos | Crédito: divulgação

A partir dessa experiência com gestão de fortunas é que surgiu a ideia de montar um escritório próprio, reunindo profissionais com histórico de atendimento no Private Banking dos principais bancos do país. “Nós temos um escritório de agente autônomo de investimentos, mas com modelo de atendimento Private”, explica Botsman. Para reforçar essa ideia de atendimento qualificado a clientes milionários, os sócios incentivam que seus assessores tenham a certificação internacional CFP (Certified Financial Planner), garantindo a atuação mais sólida e próxima.

O modelo parece ter dado certo. O escritório conseguiu elevada pontuação de 83,2 no NPS (Net Promoter Score), método internacional criado para avaliar a satisfação dos clientes, com valores indo de uma faixa de 0 a 100. Como base de comparação, a média do mercado global e de bancos é de uma pontuação em torno de 60. Esse sinal positivo é reforçado por uma taxa de evasão praticamente nula.

Como resultado final, o número de clientes avança a cada ano. Apenas em 2016, o crescimento no montante sob custódia no escritório saltou em quase um bilhão de reais. Com quase 30 assessores no atendimento, a ideia é trazer mais 10 novos profissionais ainda neste ano para auxiliar na expansão do escritório.

Para melhorar a sua carteira, clique aqui e entre em contato com o escritório para comparar seus investimentos.

 

Contato