Tesouro Direto

Em conteudo-patrocinado / coe

COE segue fundo de ações japonesas que rendeu 207% nos últimos 5 anos

Investidores têm procurado exposição internacional para se descorrelacionar de eventos políticos no Brasil

A incerteza política para os próximos meses por conta das possibilidades em aberto para as eleições presidenciais e os planos para o próximo governo tem feito alguns investidores alocarem parte de seus recursos em ativos com exposição ao mercado internacional. Uma das alternativas que têm ganhado espaço são os COEs, um produto que permite a exposição a ativos ou índices internacionais sem exposição cambial.

Esse é o caso do COE referenciado a um fundo de ações de empresas japonesas de pequeno e médio porte, conhecido como Janus Henderson Horizon Japanese Smaller Companies Fund. Distribuído pela plataforma da XP, o COE não realiza o investimento direto no fundo. O desempenho do fundo é tomado apenas como referência para remunerar os investidores.

Quer investir no COE referenciado em ações japonesas? Abra uma conta na XP Investimentos.

Para Alberto Bernal, estrategista-chefe na XP Securities, há fortes razões para otimismo com o mercado acionário japonês. O país asiático deve continuar se beneficiando do crescimento econômico global, e a autoridade monetária deve seguir firme com o pacote de estímulos que engloba a impressão de dinheiro novo para cumprir a meta inflacionária de 2% ao ano – diferente do Brasil, o objetivo maior no Japão é evitar a deflação.

Os últimos anos foram de desempenho positivo para o Janus Henderson Horizon Japanese Smaller Companies Fund: retorno acumulado de 206,8% nos últimos cinco anos, segundo dados divulgados na própria página do fundo, com base na data de 31 de dezembro. O COE aberto para captação tem um horionte de investimento menor, de três anos. Vale lembrar que rendimento passado não é garantia de retorno futuro, mas pode ser um importante sinal de como o fundo se comporta no médio ao longo prazo. 

Janus Henderson Horizon Japanese Smaller Companies Fund (A2 Acc JPY)

Dezembro 2,4%
Acumulado em 2017 21,2%
1 ano 21,2%
5 anos 206,8%
Desde o início 246,2%

Para compreender melhor o que esperar para frente, o InfoMoney conversou com Alberto Bernal. Confira, abaixo, a entrevista:

Qual a sua visão sobre a economia japonesa para os próximos anos?

O Japão está, atualmente, passando por uma das expansões econômicas mais robustas que o país viu na sua história recente. O crescimento é robusto, o setor financeiro é sólido, o desemprego é extremamente baixo, a inflação permanece abaixo da meta, os yields de curto prazo dos títulos do governo estão negativos e os de prazo mais longo estão perto de zero.

As taxas de juros baixas são um ponto muito positivo para a sustentabilidade da dívida. Adicionalmente, a administração de Shinzo Abe é muito amigável ao mercado e passa por um contexto político muito estável.

O mercado acionário japonês passou por uma alta surpreendente nos últimos anos. Quais são as principais explicações para esse movimento?

Entre outros motivos, os valuations permanecem decentes – as ações não estão mais baratas, mas continuam muito distante de enviar qualquer sinal de alerta. Como o Japão é uma potência exportadora, um iene mais fraco se mostrou um forte impulso para o país, e o Banco do Japão continuou a imprimir uma quantidade significativa de dinheiro para afastar do pensamento das famílias japonesas a deflação. Muito do dinheiro que foi impresso no passado pelo Banco do Japão acabou nos mercados acionários. Nós não vemos nenhum motivo para argumentar de que o futuro será diferente.

Como você prevê a performance das ações japonesas pela frente?

Nós continuamos um tanto otimistas por duas razões específicas: o Japão é um dos mais notáveis beneficiários do crescimento global sincronizado, dado o seu perfil exportador, e nós não vemos nenhum risco para o Banco do Japão não conseguir cumprir com a meta de inflação de 2% ao ano. O núcleo da inflação aponta atualmente 0,3% ao ano, e essa leitura não superou a marca de 2% ao ano de modo consistente há muitas décadas. Não há nenhuma razão lógica para esperar que o Banco do Japão abandone seu viés “dovish” (política monetária de juros baixos) a não ser que a inflação acelere consideravelmente, e, como dito antes, nós não vemos isso acontecendo em nenhum momento no futuro próximo.

Como investir?

Todo COE é uma oferta pública. Isso quer dizer que todo investimento segue um cronograma específico até ser realizado: as reservas devem ser feitas até às 9h do dia 27 de fevereiro, data na qual o investidor deve ter o dinheiro em conta para efetivamente concretizar a operação.

Para o cálculo da rentabilidade, será usado como base o preço de fechamento das cotas do fundo no dia 26 de fevereiro. O vencimento está marcado para 1º de março de 2021, e nessa data o investidor receberá como retorno o valor alavancado de 1,1 a 1,3 vez a variação positiva do fundo – no caso de desvalorização, o investidor recebe de volta integralmente o valor aplicado. Não há risco cambial, ou seja, o que o fundo render no exterior em ienes, o investidor receberá o retorno alavancado em reais. Por exemplo, se o fundo render 50% em 3 anos e a alavancagem ficar em 1,10 vezes, o investidor terá um retorno de 55% em 3 anos (1,10 x 50%).

Nos últimos três anos, o retorno do fundo foi de 64,67%. Considerando a faixa de alavancagem projetada, se esse COE tivesse sido estruturado naquela época teria pago aos investidores um retorno de 71,14% a 84,07%.

Quer investir no COE referenciado no Janus Henderson Horizon Japanese Smaller Companies Fund? Então abra uma conta na XP Investimentos.

*O RECEBIMENTO DOS PAGAMENTOS DE UM COE ESTÁ SUJEITO AO RISCO DE CRÉDITO DO SEU EMISSOR, INCLUINDO O VALOR PRINCIPAL INVESTIDO. ATENÇÃO: ESTE PRODUTO É DESTINADO A CLIENTES COM PERFIL DE INVESTIMENTO MODERADO (VALOR NOMINAL PROTEGIDO) E AGRESSIVO (VALOR NOMINAL EM RISCO), SENDO ESTE O PÚBLICO A QUE SE DESTINA O PRESENTE MATERIAL. O EMISSOR DO COE SE RESERVA AO DIREITO DE CANCELAR A EMISSÃO OU ALTERAR AS CARACTERÍSTICAS DO PRODUTO, CASO O VALOR MÍNIMO NÃO SEJA ATINGIDO OU HAJA ALTERAÇÃO NAS CONDIÇÕES DE MERCADO. ESTA INSTITUIÇÃO É ADERENTE AO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS PARA ATIVIDADE DE DISTRIBUIÇÃO DE PRODUTOS DE INVESTIMENTO NO VAREJO. ESTE DOCUMENTO FOI PREPARADO COM AS INFORMAÇÕES NECESSÁRIAS AO ATENDIMENTO DAS MELHORES PRÁTICAS DE MERCADO PELO CÓDIGO ANBIMA DE REGULAÇÃO E MELHORES PRÁTICAS DE NEGOCIAÇÃO DE INSTRUMENTOS FINANCEIROS. O RECEBIMENTO DOS PAGAMENTOS DESTE CERTIFICADO ESTÁ SUJEITO AO RISCO DE CRÉDITO DO SEU EMISSOR. O COE É UM PRODUTO FINANCEIRO QUE NÃO CONTA COM GARANTIA DO FUNDO GARANTIDOR DE CRÉDITO – FGC. A PRESENTE OFERTA FOI DISPENSADA DE REGISTRO PELA COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS – CVM. A DISTRIBUIÇÃO DE CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS – COE NÃO IMPLICA, POR PARTE DOS ÓRGÃOS REGULADORES, GARANTIA DE VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS OU DE ADEQUAÇÃO DO CERTIFICADO À LEGISLAÇÃO VIGENTE OU JULGAMENTO SOBRE A QUALIDADE DO COE, DO SEU EMISSOR OU DA INSTITUIÇÃO INTERMEDIÁRIA. LEIA O DOCUMENTO DE INFORMAÇÕES ESSENCIAIS ANTES DE APLICAR NESTE CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS. ESTE CERTIFICADO NÃO SE TRATA DE INVESTIMENTO DIRETO NO ATIVO SUBJACENTE. O CERTIFICADO DE OPERAÇÕES ESTRUTURADAS – COE é um produto complexo. Certifique-se da compreensão de todos os seus aspectos antes da decisão de investimento. Este documento trata-se de material publicitário, elaborado pela XP Investimentos CCTVM S/A ("XP Investimentos"). O conteúdo disponibilizado não deve ser entendido como análise, consultoria, sugestão de investimento, recomendação de compra e venda, oferta de produtos ou serviços financeiros. As informações são válidas na data de sua publicação, qualquer informação contemplada neste material deve ser confirmada quanto às suas condições, previamente à conclusão de qualquer negócio. As informações contidas neste relatório foram consideradas razoáveis na data em que ele foi divulgado e foram obtidas de fontes públicas consideradas confiáveis. A XP Investimentos não dá nenhuma segurança ou garantia, seja de forma expressa ou implícita, sobre a integridade, confiabilidade ou exatidão dessas informações. Este relatório também não tem a intenção de ser uma relação completa ou resumida dos mercados ou desdobramentos nele abordados. Os investidores devem buscar aconselhamento profissional com relação aos aspectos tributários, regulatório e outros que sejam relevantes à sua condição específica, sendo que o presente material não foi elaborado com esta finalidade. A rentabilidade prevista ou passada não é garantia de rentabilidade futura. Investimentos nos mercados financeiros e de capitais estão sujeitos a riscos de perda superior ao valor total do capital investido. A rentabilidade de produtos financeiros pode apresentar variações e seu preço ou valor pode aumentar ou diminuir num curto espaço de tempo. A rentabilidade divulgada não é líquida de impostos. As informações presentes neste material são baseadas em simulações e os resultados reais poderão ser significativamente diferentes. A XP Investimentos não se responsabiliza por decisões de investimentos que venham a ser tomadas com base nas informações aqui divulgadas. A XP Investimentos se exime de qualquer responsabilidade por quaisquer prejuízos, diretos ou indiretos, que venham a decorrer da utilização deste relatório ou seu conteúdo. É obrigatória a leitura do Documento de Informações Essenciais – DIE previamente à aquisição do COE, com especial atenção aos fatores de risco. Recomenda-se uma profunda análise das características, prazos e riscos dos investimentos antes da decisão de compra/venda/aplicação/resgate. Este relatório é destinado à circulação exclusiva para a rede de relacionamento da XP Investimentos, incluindo agentes autônomos da XP e clientes da XP, podendo também ser divulgado no site da XP. Fica proibida sua reprodução ou redistribuição para qualquer pessoa, no todo ou em parte, qualquer que seja o propósito, sem o prévio consentimento expresso da XP Investimentos. Os custos das operações e a política de cobrança estão definidos nas tabelas de custos operacionais disponibilizadas no site da Corretora: www.xpi.com.br. Para reclamações, favor contatar a Ouvidoria XP Investimentos no telefone nº 0800-722-3710.

 

Contato