Em cielo

Cielo despenca 4% em 10 minutos na bolsa após ex-CEO ir para a PagSeguro

executivo foi diretor-presidente da companhia até 2016, quando saiu para se tornar diretor executivo do Bradesco

Cielo 01 - Fachada empresa
(Divulgação Cielo)

SÃO PAULO - A as ações da Cielo (CIEL3) derreteram no fim do pregão desta sexta-feira (9) com a notícia de que seu ex-presidente e conselheiro, Rômulo de Mello Dias, está deixando seu cargo no conselho de administração para ir para a concorrente PagSeguro. Os papéis da empresa caíram 4% em apenas 10 minutos e fecharam com o pior desempenho do Ibovespa.

Logo que a bolsa fechou, a companhia emitiu um comunicado informando a renúncia de Rômulo Dias do conselho de administração. O executivo foi diretor-presidente da companhia entre 2008 e 2016, quando saiu para se tornar diretor executivo do Bradesco.

Ao mesmo tempo o Grupo UOL anunciou Rômulo como seu novo CEO, sendo que, entre outras funções, irá comanda o PagSeguro, concorrente da Cielo do mercado de meios de pagamento e que recentemente fez um IPO nos Estados Unidos.

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

Contato