Em carreira / salarios

Salários altos e poucos benefícios? Saiba o que os executivos brasileiros preferem receber

De todos os benefícios mencionados, o predileto dos entrevistados é o plano de saúde e odontológico e seguro de vida, mencionado por 22,5% dos executivos

SÃO PAULO – Uma pesquisa realizada pela consultoria de recrutamento Michael Page aponta que 30% dos executivos estão dispostos a receber um salário menor em troca de um melhor pacote de benefícios. Entre os benefícios inclusos estão: pagamento de aluguel, plano de saúde, seguro de vida, seguro odontológico e subsídios para bem-estar.

De todos os benefícios mencionados, o predileto dos entrevistados é o plano de saúde e odontológico e seguro de vida, mencionado por 22,5% dos executivos, seguido pelo pagamento de aluguel (18%).

Quando questionados sobre quais são os benefícios que consideram mais atraentes com a opção de darem respostas livres, o mais mencionado foi carro fornecido pela empresa (23,9%); 14º salário, bolsa de estudos ou cursos subsidiados e ações da companhia também foram os mais citados.

“O salário líquido é o objetivo número um, por razões obvias, da maior parte das pessoas. Porém, aceitar ganhar menos pensando em melhorar o leque de benefícios corporativos pode ser uma boa alternativa para a manutenção de serviços”, explicou Ricardo Basaglia, diretor-executivo da Michael Page.

Ao mesmo tempo, os executivos esperam, para este ano, um aumento de no mínimo 10% em seu salário. O mesmo aumento é esperado para as margens de bônus.

A pesquisa foi realizada com 226 executivos brasileiros entre janeiro e fevereiro desde ano.  

Executivo
(Shutterstock)

Contato