Cresce contratação de CFOs para Fundos Private Equity

O perfil mais procurado são de profissionais, com média, de 43 anos, que falem inglês fluente e possuam uma pós-graduação ou MBA
Por Juliana Américo Lourenço da Silva  
a a a

SÃO PAULO – Dados da Fesa, empresa de recrutamento da América Latina, revelam que nos últimos três anos houve uma redistribuição na demanda de contratações de CFOs para empresas investidas de private equity.

Pelos dados, os setores que continuam com maior demanda de posição são o varejo e serviço. Enquanto mercado financeiro teve um crescimento moderado, 3%, e a indústria teve um aumento mais expressivo, 7%.

Em relação as regiões do País, os investimento são maiores em São Paulo e Rio de Janeiro, este com 4% nos projetos.

Segundo a diretora da Fesa Patrícia Gibin, a evolução da demanda pela indústria revela uma influência do grande número de obras de infraestrutura no Brasil nos últimos anos e da criação de fundos dedicados à infraestrutura.

Perfil
A pesquisa também levantou o perfil dos profissionais que são mais procurados para trabalhar em empresas investidas por private equity. Eles têm em média 43 anos, 85% falam inglês fluente, possuem pós-graduação ou MBA e se concentram em São Paulo. As principais áreas de graduação são Administração de Empresas e Ciências Contábeis, que respondem por 69%.

Deixe seu comentário