Em carreira

Em busca da entrevista perfeita: veja 10 passos para arrasar nesse momento

Site especializado em desenvolvimento profissional pontua os itens que o candidato deve observar em uma entrevista

SÃO PAULO - A entrevista de emprego é um momento único. Ali, o candidato tem em suas mãos a chance de causar uma boa primeira impressão. Preparar-se para este evento, portanto, é uma obrigação para quem realmente quer conquistar o emprego.

Essa preparação, porém, não é tão simples. Há diversos elementos a serem observados, desde a roupa que será usada até a forma de se comportar diante dos entrevistadores. Pensando nisso, o site Monster, focado em desenvolvimento e orientação profissional, divulgou uma lista com 10 estratégias para se sair bem na entrevista. Confira:

1. Pratique a comunicação não verbal - enganam-se aqueles que acreditam que só importa aquilo que você fala e como fala. Isso porque você está sendo avaliando até quando não diz nada. De acordo com as dicas do Monster, para se sair bem em uma entrevista, o candidato deve praticar sua comunicação não verbal.

Ou seja, deve demonstrar uma postura que transmita confiança. Isso mesmo: você precisa passar a impressão de que é seguro. As dicas são manter uma postura firme, fazer contato com os olhos e iniciar a entrevista com um bom e firme aperto de mãos. Essa primeira impressão – a não verbal – pode ser o início de uma boa entrevista.

2. Pense na roupa - na mesma linha do item anterior, aquilo que você não diz, mas mostra, diz muito sobre você e pode influenciar no processo de seleção. Escolher a roupa da entrevista é um assunto antigo e que gera muitas dúvidas. A dica é tomar muito cuidado com o informal. Embora algumas empresas não exijam terno e gravata dos seus funcionários, é bom tomar cuidado para não exagerar no casual.

O que deve guiar a escolha da roupa é a própria empresa. Assim, faça uma pesquisa sobre a organização. Ao descobrir a cultura da empresa, você terá mais facilidade para escolher o que vestir. Vale até mesmo telefonar para a organização para saber sobre o dress code.

3. Ouça - durante toda a entrevista, o entrevistador dará a você diversas dicas e informações, direta ou indiretamente. É importante que o candidato saiba escutar, caso contrário, poderá perder importantes oportunidades. Ter habilidade para se comunicar não se refere apenas ao que você fala e como você fala. Mas, sim, se você sabe escutar o que os outros estão falando, e consegue captar as informações que estão sendo passadas.

Segundo o site, o candidato deve equalizar seu comportamento de acordo com a forma como o entrevistador se comporta.

4. Não fale demais - o erro fatal da entrevista: falar demais. Lembre-se de que a entrevista tem um horário para começar e terminar e, se você fala demais sobre temas desnecessários ou mesmo se estende demais sobre algum tema que considere importante, você está perdendo sua chance, desperdiçando o tempo que possui com o entrevistador.

Na ânsia por conquistar o emprego, muitos candidatos falam demais, desnecessariamente, se estendendo sobre o quão são perfeitos para o emprego. Porém, o ideal é saber aproveitar mais esse tempo. A dica é ser o mais objetivo possível. Leia a descrição da posição e mostre como suas habilidade e competências se alinham com ela. Saber relacionar tais informações pode ser o diferencial.

5. Fuja dos assuntos familiares - entrevista de emprego é uma reunião profissional para falar de negócios. Isso mesmo: negócios e não família. Portanto, não confunda uma entrevista de emprego com uma sessão de terapia. Além disso, você não está lá para se tornar o melhor amigo do entrevistador.

Para saber até que ponto você tem de se aproximar do entrevistador, veja primeiro como ele se comporta. Vá até onde ele der espaço e abertura.

6. Gírias - Você possivelmente será muito mal avaliado, se não prestar atenção às gírias. Uma coisa é como você fala com amigos e pessoas próximos, outra, bem diferente, é como você fala com um recrutador. Observe, portanto, como você fala. Evite ainda fazer referências preconceituosas sobre raça, cor, religião, sexo, política, orientação sexual e demais temas polêmicos.

7. Não seja convencido - as suas atitudes são extremamente importantes na entrevista de emprego. É preciso mostrar um bom equilíbrio entre confiança, profissionalismo e modéstia. De acordo com o Monster, quando você estiver falando sobre suas competências, é bom tomar cuidado para não mostrar confiança exagerada.

8. Cuidado com as respostas - quando os recrutadores fazem uma pergunta sobre uma situação passada, eles querem uma amostra do seu comportamento. É importante responder usando um exemplo específico. Caso não faça isso, o entrevistado está perdendo uma boa oportunidade para falar sobre suas habilidades.

9.  Faça perguntas - quando os recrutadores perguntam para os entrevistados se têm alguma pergunta, a maioria responde erroneamente que não. Fazer perguntas mostra que o candidato tem interesse no negócio da empresa. Além disso, só fazendo perguntas você consegue avaliar se tal empresa realmente é o lugar certo para você.

As melhores perguntas surgem após prestar bastante atenção ao que foi dito durante a entrevista. São perguntas que devem complementar o que foi abordado na entrevista.

10. Não mostre desespero - por fim, a sugestão que fecha a lista de dicas é evitar ao máximo parecer desesperado. Dificilmente você será contratado porque realmente precisa do emprego. O que os recrutadores querem é alguém que se encaixe na posição e não que esteja desesperado por um emprego.

Coloque na sua cabeça que você conseguirá a oportunidade e faça de tudo para que o entrevistador acredite que você é a pessoa ideal.

Contato