Precisando de uma renda extra? Atuar como um cliente oculto pode ser alternativa

Ganhos variam de R$ 50 a R$ 500 a visita; cliente misterioso ainda consegue experiências para a vida profissional
Por Gladys Ferraz Magalhães  
a a a

SÃO PAULO – Interessados em ganhar uma renda extra, mas sem prejudicar a carreira, podem ter na atuação como cliente oculto uma alternativa.

De acordo com o sócio-diretor da OnYou – empresa que presta serviços de cliente oculto -, José Worcman, os ganhos variam de R$ 50 a R$ 500 a visita, sendo que o consumidor misterioso ainda consegue trazer para a sua vida profissional algumas das características desenvolvidas com a atividade.

“Quem atua como cliente oculto tem contato com empresas que são preocupadas com o consumidor. Ao observar essas práticas, a pessoa leva este conhecimento para a vida profissional dela”, analisa Worcman.

A Vidi Shopper é outro exemplo de empresa que oferece o serviço, entretanto, segundo explica um dos sócios da companhia, Marcos Versteeg, a forma de remuneração da empresa se dá por meio de pontos, que podem ser trocados por produtos em um site de compras, parceiro da Vidi.

O que é cliente oculto?
Com a economia aquecida e o maior grau de exigência do consumidor, a necessidade de as empresas melhorarem seus produtos e serviços é cada vez mais vital para a sobrevivência dos negócios. Dessa forma, cresce o número de companhias que oferecem os serviços de um cliente misterioso.

A atividade deste profissional acontece da seguinte maneira: uma empresa contrata os serviços de uma outra companhia, a fim de receber relatórios minuciosos que permitem averiguar de forma profunda e detalhada os produtos e os serviços ofertados. Esta avaliação é feita por um consumidor misterioso.

“Nós selecionamos os clientes ocultos e os treinamos para que possam reportar a sua experiência nos mínimos detalhes, por meio de relatórios minuciosos. Estas informações são revisadas, compiladas, interligadas a indicadores, por meio de nossa metodologia, e entregues aos nossos clientes. Não basta apenas a empresa investir em treinamento e comprometimento de pessoal, se não avaliar a aplicação prática desses investimentos”, afirma Worcman.

Quem pode ser cliente oculto?
Para se tornar um cliente oculto, em ambas empresas, a exigência é que a pessoa tenha idade mínima de 18 anos, seja observadora e tenha interesse em contribuir para a melhoria do atendimento ao consumidor.

Nos dois casos, os interessados devem se inscrever no site da empresa e, se selecionados, passar por um treinamento.

As visitas são agendadas conforme a disponibilidade e o perfil de cada cliente oculto.

Deixe seu comentário