Em carreira / gestao-e-lideranca

Tim Cook discursa para formandos da Universidade de Duke: "essa é a melhor época da história para se estar vivo"

CEO da Apple discursou neste domingo (13) e abordou assuntos como desigualdade econômica, mudança climática e o uso da tecnologia

Tim Cook - Duke
(Reprodução/YouTube)

SÃO PAULO – Neste domingo (13), o CEO da Apple Tim Cook discursou para os formandos da universidade de Duke, nos Estados Unidos. Em quase três horas de discurso, ele comentou sobre os mais diversos assuntos, alguns deles polêmicos – como problemas políticos, desigualdade econômica e mudança climática.

O tom do discurso, claro, foi a tecnologia. Em determinado momento, ele afirmou que “apesar dos grandes problemas de hoje, incluindo a divisão política crescente, a tecnologia ainda faz do presente o melhor período na história para se estar vivo”.

“Nosso país está profundamente dividido, e muitos americanos se recusam a ouvir qualquer opinião que difira da sua. Nosso planeta está aquecendo, com graves consequências, e há alguns que até negam que estão acontecendo. Nossas escolas e comunidades sofrem de uma profunda desigualdade. Nós falhamos ao garantir que cada estudante tenha o direito a uma boa educação. E, ainda assim, não somos impotentes frente a isso. Você não é impotente para consertá-los”, disse.

Ele ainda fez um pedido para os formandos de “pensarem diferente” e não aceitarem as coisas como são. Nesse momento, como na maioria dos discursos que faz, Cook ainda comentou sobre Steve Jobs, falecido fundador da Apple, e o elogiou pela visão que teve para a companhia.

“Eu sou sortudo por aprender com alguém que acreditava muito nisso. Ele era meu amigo, meu mentor, Steve Jobs. A visão de Jobs é de que as grandes ideias vêm de uma incansável recusa de aceitar as coisas como elas são. A questão que nos perguntamos não é sobre o que podemos fazer, mas o que devíamos fazer. Porque Steve nos ensinou que é assim que as coisas mudam. E com ele eu aprendi a nunca ficar contente com a forma como as coisas são”, comentou.

Invista seu dinheiro e construa um patrimônio de milhões. Clique aqui e abra sua conta na XP Investimentos 

O CEO não deixou de comentar, claro, sobre o escândalo de vazamento de dados do Facebook, que levou a empresa a iniciar investigações e mudar sua política de dados, entre outras medidas. “Nós recusamos a desculpa de que aproveitar ao máximo a tecnologia significa negociar seu direito à privacidade. Então escolhemos um caminho diferente, coletando o mínimo de dados possível, sendo respeitosos e atenciosos com o que está ao nosso alcance porque sabemos que isso pertence a você”, disse. Antes dessa vez, ele já havia “cutucado” Mark Zuckerberg pelo escândalo.

Cook formou-se na universidade de Duke em 1988 já com um MBA. Ele assumiu como CEO da Apple em 2011, mesmo ano da morte de Steve Jobs.

Você pode assistir ao discurso completo de Tim Cook no vídeo a seguir, em inglês.

Contato