Em carreira / gestao-e-lideranca

Os 8 livros que fizeram de Elon Musk um homem bem-sucedido

Musk comentou que, além de ser criado por seus pais, foi criado também ''pelos livros''

SÃO PAULO – O fundador e CEO da Tesla e da SpaceX, Elon Musk, é considerado um dos nomes mais promissores do mundo atualmente – não à toa que ambas as empresas que comanda têm objetivos totalmente disruptivos em mente.

Entre os feitos de Musk estão o fato de ele ter sido o responsável por completar, pela primeira vez, o lançamento e retorno de um foguete comercial retornável para o espaço. Em entrevista para a edição norte-americana da revista Rolling Stone, ele contou que tudo o seu interesse por foguete começou através de livros, os “responsáveis” por sua criação.

“Eu fui criado por livros. Livros, e depois meus pais”, contou nesta entrevista. Em diversas outras conversas, Musk comentou que eles tiveram papel essencial no desenvolvimento de suas ambições – e que já aos 9 anos havia lido toda a Enciclopédia Britânica, com mais de dez horas diárias de leitura.

Black Friday InfoMoney: sua única chance de comprar nossos cursos com 50% de desconto

Em toda a sua vida, Musk conta que oito livros foram essenciais para seu sucesso. Confira quais são:

1.       “Structures: Or Why Things Don’t Fall Down”, de J. E. Gordon
Sem tradução para o português, este livro trata de física avançada, tal como astrofísica e engenharia. Toda a base científica da SpaceX, empresa de Musk, está neste livro.

2.       “Benjamin Franklin: Uma Vida Americana”, de Walter Isaacson
Franklin foi um dos mais bem sucedidos inventores, cientistas e diplomatas, e também é uma das personalidades que Musk mais admira. Em entrevista para a Foundation’s Kevin Rose, Musk contou: “Ele era um empreendedor, começou do nada. Você pode ver como ele era um deles”.

3.       “Einstein: Sua Vida, Seu Universo”, de Walter Isaacson
A biografia do físico Albert Einstein foi uma da inspirações para o CEO, por duas de suas citações: “O mais importante é nunca parar de questionar”, e “Todos que já cometeram um erro nunca tentaram algo novo”. Essas são as visões que conversam diretamente com a visão que Musk tem para suas empresas.

4.       “Superintelligence – Paths, Dangers, Strategies”, de Nick Bostrom
Musk tem uma visão futurista e muito baseada na inteligência artificial, mas ainda assim tem suas preoucpações sobre os potenciais problemas e perigos éticos em relação à tecnologia. Este livro traz esses desafios.

5.       “Merchants of Doubt”, de Erik M. Conway e Naomi Oreskes
Escrito por dois historiadores, o livro traz argumentos de como conexões políticas e corporativas “distorceram” muitos fatos sobre a saúde pública, tal como os efeitos negativos de fumar. Musk recomendou este livro em suas redes sociais em 2013.

6.       “O Senhor das Moscas”, de Wiliam Golding
“Os herois dos livros que leio sempre sentiram um dever de salvar o mundo”, ele contou à revista the New Yorker, referenciando o livro. A obra trata de competição, sobrevivência e cria uma relação importante com o empreendedorismo de tecnologia.

7.       “De Zero a Um: O que aprender sobre empreendedorismo com o Vale do Silício”, Peter Thiel
O livro é baseado de a partir das anotações de uma aula que Thiel lecionou na Universidade de Stanford e apresenta a necessidade de ter um pensamento único entre os fundadores de startups. Segundo Musk, o livro cria uma exploração interessante do processo de contruir companhias bem sucedidas.

8.       “Fundação”, de Isaac Asimov
Em uma entrevista de 2013, Musk comentou que os livros de Asimov o ensinaram que “civilizações se movem em ciclos”, uma lição que “o encorajou a persegur suas ambições radicais”. “A lição que tirei disso é de que você deve realizar todas as ações necessárias para prolongar a civilização, minimizar a probablidade de uma ‘era negra’ e reduzir a duração dela, se existir”, ele disse. 

Elon Musk, CEO da Tesla Motors
(Mario Anzuoni/Reuters)

Contato