Por Paula Zogbi Em carreira / gestao-e-lideranca  20 mar, 2017 14h44

Bilionário e filantropo David Rockefeller morre aos 101 anos

David era neto de John Rockefeller, considerado a pessoa mais rica da história moderna  

Por Paula Zogbi Em carreira / gestao-e-lideranca  20 mar, 2017 14h44

SÃO PAULO – David Rockefeller, multimilionário, filantropo e último de sua geração no clã Rockefeller, morreu nesta segunda-feira aos 101 anos em Nova York. Um porta-voz da família confirmou a informação a diversas agências de notícias e veículos norte-americanos.

A revista Forbes atribuía ao bilionário, horas antes da notícia do falecimento, uma fortuna de US$ 3,3 bilhões.

Neto de John Rockefeller, considerado a pessoa mais rica da história moderna e norte-americano mais rico de todos os tempos, David morreu “em paz”, de acordo com veículos internacionais, dentro de seu apartamento em NY.

Ele foi presidente do Chase Manhattan Bank, que hoje é o JP Morgan Chase, e se destacou na vida de filantropo por doações a instituições artísticas, financiamento do Rockefeller Center, Museu de Arte Moderna de Nova York, Universidade Rockefeller e a construção do World Trade Center, além de outras doações.

David Rockefeller
(Bloomberg)

Contato