Em carreira / gestao-e-lideranca

Bill Gates revela o conselho que daria para si mesmo quando jovem

Bilionário, que abandonou a universidade para desenvolver o software que revolucionou o mundo da TI afirmou que inteligência não guia você para o sucesso 

SÃO PAULO – O fundador da Microsoft, Bill Gates, revelou em uma palestra que seu melhor conselho para o 'Bill Gates jovem' seria que “ser inteligente não é necessariamente a coisa mais importante na vida”.  Segundo ele, a inteligência técnica, aquela que define o bom e o mau aluno, não é sinônimo de sucesso.

O bilionário, que abandonou a universidade para desenvolver o software que revolucionou o mundo da tecnologia da informação, afirmou que depois de anos de experiência ele entende que a inteligência não guia você para o sucesso necessariamente, como pensou que fosse.

A afirmação foi feita por Gates em uma uma sessão online de perguntas e respostas à celebridades ou grandes executivos que é publicada no site Reddit.com, chamada de Reddit Ask Me Anything (Reddit AMA, 'me pergunte qualquer coisa', em tradução livre). 

Gates contou que daria alguns conselhos valiosos para si mesmo mais jovem e que valem para estiver começando agora. 

Quando jovem, Gates era um aluno exemplar na escola particular onde estudava em Seattle, marcando 1590 pontos no SAT (em um total de 1600), espécie de vestibular que deu a ele uma vaga em Harvard.

Ele se matriculou em Direito, embora como muitos jovens não soubesse o que queria fazer exatamente. Porém, passava a maior parte do tempo em computadores, antes de desistir da graduação em 1975.

"Eu era um bom aluno, mas não cheguei onde cheguei porque era bom nas provas. Eu explicaria que a inteligência técnica não é única, nem tão importante quanto eu pensava quando comecei", disse ele em resposta a uma pergunta sobre qual conselho daria para si mesmo aos 19 anos.

"Eu diria: menos pressa e ansiedade. Você pode explorar o mundo em desenvolvimento antes de entrar nos seus quarenta anos. Ser bom em algo é um conjunto de habilidades, não só intelectuais. Eu não era muito sociável naquela época, por exemplo, mas não tenho certeza se existe um conselho que corrigiria isso - talvez eu só tivesse que crescer e viver mais coisas. É necessário humildade, qualquer um pode ter uma grande ideia", disse.

Questionado sobre o que é o sucesso, Gates se referiu a outro empresário bilionário. "Warren Buffet diz que descobrimos que alcançamos essa medida quando as pessoas próximas a você estão felizes ou te amam, é simples. Além de ser bom sentir que você fez a diferença - inventar algo, criar filhos ou ajudar pessoas necessitadas. Levo isso comigo”, revelou Gates.

Sobre sua maior conquista, Gates disse que foi a criação do Windows, mas espera que o trabalho humanitário através da Fundação Bill e Melinda Gates venha a se tornar tão importante quanto seu software.

Bill Gates - Bloomberg
(Jin Lee/Bloomberg )

Contato