Em carreira / emprego

5 passos para sair na frente em processos seletivos

Ser o candidato de maior destaque em um processo com muitas pessoas é tarefa complicada

entrevista de emprego
(Shutterstock)

SÃO PAULO – Doze milhões de brasileiros estão desempregados, de acordo com o levantamento mais recente do IBGE. Para quem está em busca de emprego, o efeito é óbvio: muita concorrência e chances escassas de se destacar em processos seletivos.

Para a psicóloga e responsável pelos processos seletivos da Hotmart, Luna Metz, existem alguns comportamentos infalíveis para melhorar a imagem de um candidato durante qualquer processo seletivo. Segundo ela, “não existe uma fórmula mágica que o candidato deva seguir, mas algumas técnicas podem fazer a diferença em processos de seleção”.

Confira a lista de dicas da profissional, cuja empresa foi eleita uma das 10 melhores para trabalhar no Brasil pelo Love Mondays:

1. Investigue: Conheça o território em que está pisando. Pesquisar sobre a organização, sua missão, valores e cultura organizacional pode fazer a diferença. LinkedIn, Facebook, YouTube, Instagram e Twitter podem ser ótimas fontes de informação neste sentido. “Este conhecimento te deixará um passo à frente dos outros candidatos”, afirma a especialista.

2. Prepare-se: Escreva um currículo destacando quem você é, o que você já fez de mais relevante e que convença o recrutador que aquela oportunidade tem a ver com a sua carreira. Se você ainda tem pouca experiência, é aconselhável mencionar as principais competências técnicas e comportamentais que você quer desenvolver. Outro ponto importante é deixar claro a área em que pretende trabalhar.

3. Mostre o seu melhor: A sua história pode ficar muito mais interessante para os recrutadores se mostrar como você contribuiu para as empresas em que já trabalhou. É importante expor suas perspectivas de futuro e sobre como a empresa pode contribuir para que você chegue lá.  “Não economize palavras para descrever os desafios que já viveu em sua vida ou carreira, sobre os projetos que conduziu ou participou e, claro, sobre as características que te fazem ser uma pessoa incrível”, explica Metz.

4. Sinalize suas fragilidades: Não tenha medo de ser você mesmo. Falar sobre os seus pontos fracos e o que você tem feito para minimizá-los pode fazer brilhar os olhos dos recrutadores, levando em conta que a empresa precisa saber onde ela terá que apoiar no seu desenvolvimento. Uma ótima dica é pedir a opinião de familiares, amigos e colegas de trabalho sobre seus pontos de melhoria.

5. Questione:  Não tenha medo de questionar. Fazer perguntas durante uma entrevista de emprego é uma forma de obter mais informações sobre a empresa de demonstrar interesse pela vaga. “Um processo seletivo é uma via de mão dupla. Ele não serve apenas para responder as perguntas do recrutador, mas também para tirar as dúvidas sobre a empresa. Faça perguntas interessantes”, afirma Metz.

Contato