Em carreira / educacao

Organização brasileira oferece preparação gratuita para estudos no exterior

Este ano as inscrições para o programa estão abertas até 16 de março 

estudos
(Shutterstock)

SÃO PAULO – O sucesso do profissional é resultado de sua dedicação. Entre tantas coisas que você pode fazer para aprimorar seu currículo, estudar no exterior é uma opção bem interessante. A BRASA (Brazilian Student Association) é uma organização sem fins lucrativos que funciona como uma mentoria para estudantes brasileiros que querem estudar fora do país. Este ano as inscrições para o programa estão abertas até 16 de março. 

Segundo a organização, o nível de participantes aprovados em universidades no exterior é mais de 95%. Em 2017, a BRASA preparou mais de 150 jovens para graduação e pós-graduação fora. Entre as aprovações estão universidades como Harvard, MIT, Universidade de Oxford e Imperial College London.

A organização tem 4 categorias: graduação nos Estados Unidos e graduação na Europa (são 8 possibilidades de destino: Inglaterra, França, Alemanha, Suíça, Holanda, Suécia e Itália), pós-graduação nos Estados Unidos e pós-graduação na Europa (nos mesmos países). Atualmente, a BRASA conta com mais de 3.500 membros e está presente em 72 universidades ao redor do mundo.

Pode participar do programa de graduação quem cumpre os seguintes requisitos: inglês avançado, estar no terceiro ano do ensino médio ou ter se formado em 2016 ou 2017 e aplicar para universidades americanas/europeias para começo do ano letivo em 2019. Já para participar do programa de pós-graduação é necessário ter curso superior completo e inglês avançado.

A mentoria é dada por alunos voluntários que estão estudando fora do país ou que já estudaram foram do país. Para participar, o candidato preenche um application que inclui um vídeo, pequenas redações e contar um pouco da experiência no ensino médio. A partir do resultado, a organização seleciona os melhores candidatos.

O número de jovens aceitos varia por ano de acordo com o número de mentores voluntários. Em 2017 foram 35 para a Europa e 85 para os EUA. Este ano, o objetivo da organização é aumentar para pelo menos 100 mentores nos EUA e elevar o número para a Europa.

Quer juntar dinheiro para estudar no exterior? Abra uma conta na XP. 

Contato