Em bloomberg / luxo

Chinesa mais rica perde apenas para Bezos em aumento de fortuna neste ano

Riqueza de Yang, a acionista controladora da Country Garden Holdings, aumentou para US$ 29,7 bilhões em 10 de janeiro com o avanço das ações de sua empresa

Yuan
(Shutterstock)

(SÃO PAULO) -- A mulher mais rica da China, Yang Huiyan, ampliou seu patrimônio em US$ 6,1 bilhões em apenas sete dias de negociações no mercado, perdendo apenas para Jeff Bezos, da Amazon.com, em geração de riqueza neste ano.

A riqueza de Yang, a acionista controladora da Country Garden Holdings, aumentou para US$ 29,7 bilhões em 10 de janeiro com o avanço das ações de sua empresa imobiliária, segundo o Bloomberg Billionaires Index. Bezos somou US$ 6,6 bilhões neste ano, elevando sua fortuna para cerca de US$ 106 bilhões, mostram os dados.

A explosão imobiliária da China encheu os cofres de alguns dos maiores magnatas do país nos últimos anos, incluindo Hui Ka Yan, presidente do conselho da incorporadora China Evergrande Group, e Wang Jianlin, que lidera a Dalian Wanda Group. Yang está diminuindo rapidamente a diferença em relação a Hui, da Evergrande, cuja riqueza é estimada em US$ 39,3 bilhões, e ultrapassou os US$ 28,7 bilhões de Wang, acumulando a quarta maior riqueza pessoal da China.

As ações da Country Garden subiram 24 por cento neste ano até 10 de janeiro antes de ter parte dos ganhos eliminados nesta quinta-feira. Os preços das ações se multiplicaram em mais de quatro vezes nos últimos 12 meses em meio a ganhos impressionantes das grandes incorporadoras chinesas.

Yang, de 36 anos, é a mais jovem entre os bilionários da China, segundo o Bloomberg Billionaires Index. Em 2005, o pai, Yang Guoqiang, transferiu sua participação controladora para ela “com a intenção de treinar Yang Huiyan como sucessora dos interesses da família” no grupo, informou a Country Garden no prospecto da oferta pública inicial de 2007.

 

Quer investir melhor o seu dinheiro? Abra uma conta na Rico.

Contato