Blog InfoMoney

Blog do Rubens Menin

Em blogs / imoveis / blog-do-rubens-menin

É muito bom investir no esporte!

Atualmente, a MRV Engenharia é a empresa privada brasileira que mais investe em marketing esportivo e no patrocínio de clubes e atletas. Levamos muito tempo para alcançar essa posição. Foi uma jornada. Mas, rendeu bons frutos e nos ensinou muito.Tudo começou em 1996, logo após os Jogos Olímpicos de Atlanta, onde as meninas do Brasil haviam conquistado a histórica Medalha de Bronze no voleibol de quadra. Apesar dessa importante vitória, algumas das nossas melhores atletas voltavam para casa sem um contrato efetivo com um clube nacional de expressão na prática do vôlei feminino. Isso não poderia ficar assim. Seria um desperdício inglório, depois de tanta glória. Na busca imediata de uma solução, nosso grupo empresarial articulou-se com o Minas Tênis Clube, tradicional instituição esportiva de Belo Horizonte, naquela que viria a transformar-se em uma das mais bem sucedidas iniciativas do voleibol nacional. O time MRV-Minas, que começou abrigando as medalhistas Leila Barros, Virna Dias e Ana Flávia Sanglard, foi se transformando em um “ninho de cobras”, incorporando outras grandes atletas, que também brilharam com a nossa camisa, incluindo as premiadíssimas Sheilla Castro, Fernanda Garay, Fabiana Claudino e Thaísa Daher, construtoras do nosso festejado bicampeonato olímpico. No percurso, o nosso time foi acumulando títulos: campeonatos mineiros, campeonato paulista, Copa do Brasil (1997), Campeonatos Sul-Americanos (1999 e 2000), Copa dos Campeões do Brasil (2000) e Super Liga Feminina (2001/2002).

Atualmente, a MRV Engenharia é a empresa privada brasileira que mais investe em marketing esportivo e no patrocínio de clubes e atletas. Levamos muito tempo para alcançar essa posição. Foi uma jornada. Mas, rendeu bons frutos e nos ensinou muito.

Tudo começou em 1996, logo após os Jogos Olímpicos de Atlanta, onde as meninas do Brasil haviam conquistado a histórica Medalha de Bronze no voleibol de quadra. Apesar dessa importante vitória, algumas das nossas melhores atletas voltavam para casa sem um contrato efetivo com um clube nacional de expressão na prática do vôlei feminino. Isso não poderia ficar assim. Seria um desperdício inglório, depois de tanta glória. Na busca imediata de uma solução, nosso grupo empresarial articulou-se com o Minas Tênis Clube, tradicional instituição esportiva de Belo Horizonte, naquela que viria a transformar-se em uma das mais bem sucedidas iniciativas do voleibol nacional. O time MRV-Minas, que começou abrigando as medalhistas Leila Barros, Virna Dias e Ana Flávia Sanglard, foi se transformando em um “ninho de cobras”, incorporando outras grandes atletas, que também brilharam com a nossa camisa, incluindo as premiadíssimas Sheilla Castro, Fernanda Garay, Fabiana Claudino e Thaísa Daher, construtoras do nosso festejado bicampeonato olímpico. No percurso, o nosso time foi acumulando títulos: campeonatos mineiros, campeonato paulista, Copa do Brasil (1997), Campeonatos Sul-Americanos (1999 e 2000), Copa dos Campeões do Brasil (2000) e Super Liga Feminina (2001/2002).   

Com essa exitosa experiência aprendemos que o patrocínio esportivo estabelece um novo tipo de relação entre as empresas patrocinadoras e o público afeito ao esporte. De fato, como já destaquei em tópico anterior, “ocorre algo muito mais profundo e importante: a adoção do patrocinador e de sua marca como entidade afetiva do público. É uma relação fundida na emoção do esporte e no elo natural que se estabelece entre membros da mesma torcida, entre aficionados pela mesma modalidade esportiva ou entre os fãs de um atleta famoso. Em resumo, cria-se um elo importante de integração com a comunidade e com o ambiente de negócios, muito maior e mais envolvente do que aquele que se estabeleceria com o público restrito atingido pelas campanhas publicitárias convencionais. É a base para uma relação de respeito mútuo e de compartilhamento de objetivos e responsabilidades, que só a afetividade recíproca e a empatia possibilitam”.

Esse aprendizado teve desdobramentos. Fomos patrocinadores de inúmeras e variadas modalidades esportivas, desde o basquete até a Fórmula 1, passando pelo tênis, pelo handebol, pela natação e pelo MMA. Junto com os clubes e atletas patrocinados, a nossa marca conquistou títulos importantes: três Grand Slam com o tenista Bruno Soares e inúmeros títulos de futebol alcançados pelo Clube Atlético Mineiro, incluindo campeonatos estaduais (2007, 2012, 2013, 2015), Copa Libertadores da América (2013), Recopa Sul-Americana (2014), Copa do Brasil (2015), Vice-Campeonatos Brasileiros (2012, 2015),  3a Colocação na Copa do Mundo de Clubes da FIFA (Marrocos 2013) e Florida Cup (2016). Mas, nessa coleção, atribuímos importância especial aos esforços que patrocinamos e que ainda não foram convertidos em títulos concretos, já que representam etapas e passos fundamentais na escalada esportiva de clubes e atletas com grandes possibilidades de premiações futuras.

A expansão dessa experiência continua. Atualmente disputam, com o nosso apoio, muitas equipes, clubes e atletas, entre os quais eu não poderia deixar de mencionar nominalmente: Esporte Clube Bahia, Clube Atlético Mineiro, Santa Cruz Futebol Clube, América Futebol Clube, Novo Hamburgo Futebol Clube, Clube de Regatas do Flamengo, Fluminense de Feira de Santana, Vôlei Taubaté, Vôlei Brasil Kirin Campinas, Handebol de Londrina, tenista Bruno Soares e lutadora Kenya Miranda da Silva. 

Pessoalmente, firmei a convicção de que todas essas iniciativas de apoio e patrocínio estendem os seus efeitos muito além dos limites do marketing esportivo, representando, também e principalmente, uma contribuição efetiva e insubstituível na formação de uma juventude saudável e socialmente ajustada. Esse seria um troféu futuro de valor inestimável. Vamos torcer e continuar acreditando. Que me perdoem os torcedores do Galo, mas, nesse particular, vou roubar-lhes o grito: eu acredito!

Importante: As opiniões contidas neste texto são do autor do blog e não necessariamente refletem a opinião do InfoMoney.

perfil do autor

InfoMoney Blogs

Rubens Menin

Quer dicas exclusivas?

Preencha os campos abaixo e receba dicas e conteúdos exclusivos do blog Blog do Rubens Menin

Contato