Em atompar

Atom apresenta a Takion, a primeira empresa emissora de criptomoedas listada em bolsa

Ações da small cap dispararam mais de 34% após ela apresentar os primeiros detalhes sobre a nova fintech

Bitcoin
(Shutterstock)

SÃO PAULO - Cerca de um mês após passar por uma forte disparada com o anúncio de uma fintech voltada para criptomoedas, a small cap Atompar (ATOM3) volta a subir na B3 nesta terça-feira (26) depois de apresentar mais detalhes sobre o projeto. Na última sexta-feira (22), a empresa anunciou o nome da empresa, a Takion Technology, e mostrou seus planos para o futuro do negócio.

Os papéis da companhia saltaram 34,22%, cotados a R$ 4,00, praticamente na máxima do dia. Entre 22 e 24 de novembro, as ações ATOM3 saltaram 50% e chegaram a superar os R$ 5,00 com o anúncio da criação desta fintech. Apesar disso, desde então o preço dos ativos voltou para menos de R$ 3,00, valor que era negociado antes do anúncio.

Além de apresentar o nome, a Atom explicou que a nova companhia irá atuar em duas frentes de negócios. A primeira é na emissão de criptomoedas próprias ou de projetos de terceiros, enquanto atuará também no mercado de meio de pagamentos. Sobre o andamento do projeto, a companhia ainda disse que está em fase final da escolha do blockchain, enquanto a emissão de 20.898.994 takions ainda está em andamento.

A Atom também apresentou seus projetos futuros neste segmento, com quatro etapas: ICO (Oferta Inidica de Moedas) das takions; SPIN-OFF das takions – distribuição das moedas para os acionistas da Atom; SPIN-OFF da Takion Tech – distribuição das ações da Takion para os acionistas da Atom; e um IPO (Oferta Pública Inicial) da Takion Technology, gerando uma nova companhia listada, a TAKI3.

Por fim, a companhia explicou que seu plano é criar um "meio de pagamento inovador, que possibilitará o recebimento de criptomoedas além das moedas já praticadas", sendo a "porta de entrada de clientes e lojistas nessa nova tecnologia".

Contato